Impostos na Cerveja

Em todos os países do mundo, o imposto representa um percentual muito grande da cerveja, seja ela produzida em grande escala em cervejarias comerciais ou em pequenos lotes por cervejarias artesanais.

Um dos argumentos do governo é que parte do dinheiro arrecadado com estes impostos vai para a assistência pública das vitimas de doenças relacionadas ao uso excessivo de álcool, que pode gerar inclusive a dependência.

Mas cada país tem uma visão muito diferente sobre o assunto.

Nos Estados Unidos, uma parte dos impostos varia de acordo com as leis estaduais. O estado que mais cobra impostos sob a cerveja é o Tenesse, com uma tarifa de USD1.29 por galão de cerveja, o que equivale a aproximadamente USD0,34 por litro (R$0,85). O estado que menos cobra impostos é o Wyoming, com míseros USD0,02 por galão, menos de R$0,01 por litro de cerveja.

O imposto total da cerveja americana, quando somamos os impostos federais e os impostos cobrados na venda ao consumidor, representam em média 10% do preço final da cerveja.

No Brasil, os impostos são maiores e muito mais complicados de serem calculados!

Temos PIS, COFINS, IPI e cada um tem uma forma diferente de ser calculado, em cima de um valor diferente, complicando em muito a vida da empresa que busca pagar todos os seus impostos em dia.

E hoje, aproximadamente 55% do preço final da cerveja produzida em terras tupiniquins vai para o bolso do governo.

Na Suíça, a situação é um pouco diferente: o imposto é pago de acordo com o teor alcoólico da cerveja. Nas cervejas mais leves, com algo perto de 5% de teor alcoólico, o imposto é de CHF 0,17 por litro. Em cervejas mais fortes, este valor pode chegar até CHF0,34 por litro.

Somando os impostos de venda ao consumidor final, os impostos suíços representam algo entre 13% e 17% do valor final de venda da cerveja ao consumidor.

E todas as cervejas produzidas em países pertencentes a União Europeia pagam exatamente o mesmo imposto na Suíça.

Ou seja, cervejas belgas e alemãs, entre outras, não pagam nenhum centavo a mais de impostos para serem comercializadas na terra do chocolate.

Pelo que podemos ver, os impostos brasileiros são muito maiores que os impostos pagos em outros países ao redor do mundo.

Não seria a hora do governo brasileiro revisar um pouco as politicas de impostos em nosso tão estimado produto?

1
commentaire:
Data:
27/10/2014 14:32:38
Nome:
Altair Nobre
Comentário:
Parabéns pelo texto, consistente e oportuno. Diria mais: necessário. Para quem quiser mais detalhes sobre o cálculo do imposto no Brasil, publiquei no site revistabeerart.com o texto "o sócio do seu copo". Abs
Editorial

Totally Beer - contato@totallybeer.com.br -