Viagem Sul da Alemanha – Parte 03

(Se você perdeu parte de nossa viagem, clique aqui)

Terminamos a nossa viagem em uma das cidades mais famosas no mundo cervejeiro! Munique é a sede de algumas das cervejarias mais famosas da Alemanha, como Paulaner, Spaten e Hofbräuhaus.

Por isso ela carrega a tradição de uma cultura totalmente imersa em cerveja. A cada esquina do centro da cidade é possível encontrar um bar típico de cada cervejaria.

Sem dúvida o mais famoso é o Hofbräuhaus, que é um dos bares mais antigos e tradicionais do mundo, presente na cultura de Munique há 400 anos! Hoje, este imenso bar, que acomoda 3.000 pessoas, é um dos principais símbolos da cerveja na Bavária.

Uma instituição alemã que resistiu até mesmo a guerra. A cervejaria foi parcialmente destruída na Segunda Guerra Mundial, mas em 1950 foi reconstruída mantendo o formato do antigo prédio.

O mais interessante é que esta cervejaria é muito popular entre os alemães também, inúmeras mesas são exclusivas para os consumidores regulares.

Estes são pessoas especiais: tem as suas belas canecas de porcelana trancadas dentro da cervejaria, possuem inclusive uma carteirinha para poder ter um desconto na sua cerveja!

Muitos famosos tinham uma admiração pelo local. Mozart adorava tomar cerveja para encontrar inspiração. Lenin admirava a cervejaria pelo fato de ter sido um local exclusivo da realeza, e depois do Rei Ludwig virou um dos pontos mais populares da cidade.

Mas a maior lenda do local conta que alguns dos primeiros discursos inflamados de Hitler foram em cima de mesas deste bar! Uma visita obrigatória na cidade.

Outro bar que vale muito a pena visitar é o da Schneider Weisse.

Como já falamos nos textos anteriores, esta cervejaria tem algumas criações que são muito diferentes das cervejas de trigo mais conhecidas no mundo.

Você se impressionará!

E claro, a experiência não é completa se você não conhecer os bares das cervejas mais famosas da região, como Augustiner, Paulaner e Spaten.

Uma nova opção na cidade é o bar/restaurante da Der Pschorr, que fica na principal praça da cidade.

O local é mais moderno que os outros e tem um diferencial muito interessante. Sua cerveja mais tradicional, a Helles, é vendida direto do barril de madeira onde a maturação ocorre, sem nenhum tipo de sistema de pressão. Basta colocar uma simples torneira no barril e deixar o liquido escorrer para o copo. Uma cerveja muito fresca e deliciosa!

No lado gastronômico, a nossa melhor dica é um dos restaurantes mais antigos da cidade, chamado Haxenbauer, para degustar uma das principais iguarias da Bavária: o joelho de porco. Para começar, o joelho, não é um joelho, certo? É a coxa do porco. E esta região faz esta carne não no vapor, como alguns conhecem, mas assada! O resultado é uma carne muito suculenta com a casquinha crocante, como em um leitão à pururuca!

E não deixe de comer um sanduíche de Schinitzel (carne empanada) ou de Leberkäse (que, a grosso modo, um tipo de salsichão em forma de um bolo). Eles estão em todas as partes da cidade e são baratinhos!

Como a vida não é feita somente de cerveja, aproveite sua estadia na cidade para aproveitar um pouco da incrível cultura da cidade.

Visite a praça da prefeitura, um dos pontos turísticos mais bonitos da Europa.

Conheça alguns dos museus da cidade, onde você pode ver trabalhos do pintor Raphael, uma das maiores coleções de artefatos gregos e romanos, sem falar no Museu Egípcio, com uma grande parte da historia da região.

Uma cidade sensacional que vale a pena conhecer, não importa a época do ano!

0
commentaire:

Totally Beer - contato@totallybeer.com.br -