Os efeitos da Lei Seca - Parte 02 - O sistema Three-tier de distribuição
BE Carro Lei Seca

A Vigésima Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos revogou a Lei Seca e deu aos Estados a competência para regular a produção, importação, distribuição, venda e o consumo de bebidas alcoólicas dentro de suas próprias fronteiras, mudando o equilíbrio do mercado para sempre.
Um dos argumentos usados para revogação foi que o governo poderia substituir as receitas fiscais perdidas sob a Lei Seca, permitindo assim que o país proporcionasse alívio ao sofrimento de tantas famílias em um momento tão difícil.
Mas nós já detalhamos este aspecto na Parte 01.
Outro aspecto fundamental da revogação foi um ambiente regulatório forte. Em primeiro lugar, os legisladores estavam ansiosos para legislar contra a relação historicamente próxima entre produtores e bares, especialmente os chamados saloons.
Este sistema, chamado ‘tied house’, de acordo com esses políticos, deu origem ao estado de baixa moral que foi considerado o principal combustível para criação da Lei Seca.
Cervejeiros locais muitas vezes tinha laços de propriedade sobre os sallons - vendendo à credito à perder de vista, fornecendo-lhes equipamentos e suprimentos, cobrando baixo ou nenhum juros, e dando descontos para privilegiar a sua marca ou levá-la exclusivamente.
O sistema antigo foi substituído mais tarde por o que é conhecido hoje como o sistema ‘Three-tier’. A idéia é simples: este sistema requer que todo o álcool passe por um intermediário antes de chegar a bares e lojas - um distribuidor.
Enquanto cada estado tem seu próprio conjunto de leis que regem o sistema de três camadas (produtor, distribuidor, varejista), a separação das três camadas através da inserção de um distribuidor independente entre os fabricantes de cerveja e os varejistas é um traço comum.
Os três níveis também são mais separados por outras leis e regulamentos que proíbem fornecedores e distribuidores de ter qualquer interesse financeiro ou influência com os varejistas - por exemplo, as vendas de cerveja à crédito não são permitidas e as vendas em consignação são proibidas.
O objetivo dessa mudança foi limitar a capacidade dos produtores (no nosso caso, os cervejeiros) de possuir os dois principais aspectos da indústria: produção e varejo, evitando monopólio e fomentando a concorrência. E, claro, facilitar o controle governamental, seja federal ou estatal sobre as bebidas alcoólicas.
Mas essas empresas tornaram-se muito fortes em seus estados e este sistema acabou criando as circunstâncias que permitem que um pequeno cartel de intermediários assuma o controle da distribuição de álcool em todo o país.
Esta situação impede cervejarias menores de fornecerem à um número seleto de restaurantes e varejistas seus produtos originais, a menos que eles concordam com a estrutura atacadista do distribuidor.
Hoje em dia, cervejarias e outros produtores de álcool são capazes de coletar impostos e controlar o consumo ilegal de menores de idade, duas das outras preocupações que governo tinha quando criou o sistema de três camadas.
Assim, parece que é hora de um novo revogação nos Estados Unidos, mas desta vez deve acontecer no sistema de distribuição!

0
commentaire:
Universo Cerveja

Totally Beer - contato@totallybeer.com.br -