O passado volta para cobrar em Londres
BE Mural LFB

London Fields Brewery deve ser uma das cervejarias britânicas mais quentes no momento, amada por muitas celebridades.

Mas, de acordo com o jornal britânico, The Telegraph, a cervejaria teve de fechar devido à prisão de seu fundador, Jules de Vere Whiteway-Wilkinson.

Jules, um menino de uma família proeminente que fez sua fortuna na especulação imobiliária e na agricultura, foi condenado pela criação de uma gangue que forneceu cocaína, ecstasy e maconha equivalente a milhões de libras para corretores e banqueiros.

Em um período de um ano, o grupo gastou mais de 7 milhões de libras em cocaína para vender aos seus clientes de classe alta. O Sr. Whiteway-Wilkinson viveu como um rei em uma casa muito confortável, na região leste de Londres, com grandes carros e até mesmo um avião, que ele usou para traficar as drogas no país.

No momento da prisão, a polícia identificou 4,5 milhões de libras em ativos, mas ainda acreditava que fortunas poderiam estar escondidas em outros países.

Depois de servir a metade de sua sentença de 12 anos, Jules foi libertado em 2010, com a obrigação de pagar de volta aos cofres públicos a quantia de 3,2 milhões de libras até maio de 2015.

Poucos meses de volta ao mundo livre, ele decidiu criar a cervejaria London Fields.

Logo a cervejaria se tornou um enorme sucesso, criando uma demanda em toda a cidade, levando vários bares e lojas à começar a estocar suas cervejas.

A cervejaria tornou-se um ímã de celebridades. Robert Pattinson, estrela da série de filmes Crepúsculo, passou a véspera de seu Ano Novo na festa cervejaria com sua namorada, a cantora britânica FKA twigs. Outros também foram vistos na cervejaria, como David Schwimmer, estrela da popular série de comédia Friends. Em uma audiência no tribunal no final de 2014, Jules argumentou que a cervejaria estava se tornando um negócio bem sucedido e ele seria capaz de pagar essa dívida, portanto, era melhor para a comunidade e seus contribuintes se ele ficasse livre e trabalhando.

Mas depois ele foi preso por suspeita de evasão fiscal, a sua casa e a cervejaria foram revistadas e documentos foram levados para construir o caso contra o ex-traficante de drogas.

No momento, as operações foram encerradas e a cervejaria demitiu sua equipe. Haverá uma audiência no dia 26 de maio, para continuar os procedimentos das novas acusações contra o Sr. Whiteway-Wilkinson.

0
commentaire:
Notícias

Totally Beer - contato@totallybeer.com.br -