China no topo!
BE Cerveja Snow

Na ultima década, o mercado mundial de cervejas mudou muito. Em 2005 , de acordo com estudo publicado pela Bloomberg esta semana, as cervejas americanas eram as lideres de mercado, com a Bud Light em primeiro local, seguida de perto pela sua irmã mais velha, a Budweiser. Curiosamente, logo depois aparecia a brasileira Skol.

Hoje todas estas cervejas pertencem à mesma cervejaria - AB InBev, que é a união da brasileira Ambev, da belga Interbrew e da americana Anheuser Busch. Deveríamos esperar então que a gigante cervejaria teria a liderança no mercado atual, certo?

Mas não é bem assim. Nestes últimos dez anos, o mercado mundial viu o crescimento do consumo de cerveja na China. E como por lá, qualquer crescimento de consumo significa volumes enormes, as cervejas locais logo ganharam a ponta da lista, com seu destaque para a quase desconhecida cerveja Snow, marca de uma outra gigante - SAB MIller, que pulou 10 posições no ranking, atingindo o equivalente a 5,4% do mercado mundial. Em segundo lugar vem uma outra cerveja chinesa, um pouco mais conhecida, chamada Tsingtao, que saiu do décimo lugar em 2005. A lista conta com mais duas cervejas chinesas.

Outro dado interessante é que as 10 maiores cervejas do mundo em vendas juntas correspondem a praticamente 23% do mercado do mundo inteiro!

Segue a lista completa:

1ª: Snow (China) - 5,4% do mercado mundial;

2ª: Tsingtao (China) - 2,8% do mercado;

3ª: Bud Light (EUA) - 2,5%;

4ª: Budweiser (EUA) - 2,3%;

5ª: Skol (Brasil) - 2,2%;

6ª: Yanjing (China) - 1,9%;

7ª: Heineken (Holanda) - 1,5%;

8ª: Harbin (China) - 1,5%;

9ª: Brahma (Brasil) - 1,5%;

10ª: Coors Light (EUA) - 1,3%:

0
commentaire:
Notícias

Totally Beer - contato@totallybeer.com.br -